Como restaurar móveis: dicas para começar a fazer restauro em casa

Utilizar móveis antigos e uma excelente opção para mobilar a casa a preços mais baixos. É também uma opção muito sustentável, num momento em que precisamos de pensar em consumir menos e aproveitar mais. No entanto, nem sempre encontramos móveis nas melhores condições e por este motivo que é importante aprender como restaurar móveis.

como restaurar moveis

O aparador NAGORE integra-se muito bem com móveis antigos

Isto não significa que a escolha certa para decorar a sua casa consista apenas com móveis velhos, mas pode perfeitamente utilizar elementos novos e modernos e contrastar com alguns elementos mais antigos. Além disso, os móveis antigos têm uma vantagem em relação aos novos móveis, muitas vezes são feitos de madeira maciça o que faz com que durem mais. Para saber como restaurar móveis e inclui-los na decoração da sua casa, basta continuar a ler!

CFR - PT - TEXT - Ebook 1 - Tendências, estilos e cores

Móveis antigos: cheios de charme e de história. Contudo, o seu design e o facto de serem de madeira pode conferir-lhes um aspecto mais pesado. Existe também a hipótese de termos um móvel com significado emocional por estar na nossa família há muito tempo, ou ter sido adquirido em condições particulares. Caso não se encontrem nas melhores condições, devemos ponderar restaurar os móveis para terem uma segunda vida na sua casa.

Como restaurar móveis: Passo a Passo

Material necessário para restaurar móveis antigos

Em primeiro lugar, se vai começar a restaurar móveis é importante que tenha algum material e equipamento em casa. A maioria dos materiais são fáceis de encontrar, no entanto, a maioria das lojas de bricolage terá o material necessário. Algumas lojas podem inclusive partilhar consigo alguns truques sobre como restaurar móveis e conseguir um resultado perfeito. Para esta tarefa, irá precisar de:

  • Lixas – de diferente grão
  • Lã de Aço – utilizada para a limpeza
  • Espátulas
  • Trinchas
  • Pincéis
  • Tabuleiro de pintura
  • Material para limpeza: panos, bacia, sabão
  • Cola para madeira
  • Betume para madeira
  • Tintas
  • Primer para preparar a madeira
  • Solvente para dissolver a tinta, dependendo do tipo de tinta
  • Verniz
  • Material de protecção: óculos, máscaras e luvas

Para além do material referido é importante ter uma caixa de ferramentas básicas com martelos, chaves de fendas, chaves inglesas, pregos e parafusos de tamanhos variados, entre outras ferramentas pertinentes. Não se pode esquecer de ter material de protecção para o chão e espaço envolvente, evitando sujar as áreas adjacentes. Obviamente pode ser necessário comprar algumas peças para o restauro, mas essas não farão parte do seu kit básico para restaurar móveis. Falamos de novos puxadores, por exemplo.

como restaurar moveis

A maioria do material necessário para restaurar móveis encontra-se em lojas comuns de bricolage

Limpeza dos móveis

O primeiro passo para restaurar os móveis é proceder à sua limpeza e desmontar o máximo possível o móvel. Retirar gavetas, puxadores e dobradiças. Para efectuar a limpeza, pode utilizar panos macios e um produto que remova a gordura do móvel, sabão e água será suficiente na maioria dos casos. Caso contrário pode comprar algum produto específico no supermercado habitual. É importante remover todas a sujidade, todos o pó, para garantir uma aplicação de verniz ou tinta homogénea.

como restaurar moveis

O Aparador CEILAN também é um móvel que se enquadra num ambiente com móveis vintage

Preparação do móvel

Após a limpeza e a desmontagem é importante remover as camadas de verniz e de tinta, principalmente se não estiverem uniformes ou for necessário tratar a madeira. Para o fazer poderá utilizar decapante ou no caso de ser uma camada fina de verniz, uma lã de aço será suficiente. Alguns móveis são encerrados, em vez de envernizados. Este tratamento abriga a novas aplicações com frequência visto que é menos resistente do que o verniz. Contudo, o acabamento é muito bonito. Existem produtos próprios para retirar a cera e o lã de aço poderá auxiliar.

como restaurar moveis

O camiseiro OTTO com 5 gavetas tem um ar rústico adequado a um estilo que misture elementos novos e antigos

Quando remover a camada de tinta e verniz será mais fácil ver onde é necessário aplicar massa de madeira ou betume, para tapar pequenas fissuras. Não se esqueça de lixar a massa para que fique uniforme. Também é a altura de colar pequenos pedaços que se tenham partido. No caso de ser necessário substituir alguma peça, por exemplo, uma perna de uma cadeira, talvez seja mesmo melhor ideia recorrer a um profissional.

Antes de começar a pintar ou envernizar é importante garantir que irá passar um produto especial para evitar o caruncho e as térmitas. Estes insecticidas vendem-se em lojas de especialidade.

Pintura ou Envernizamento

No caso de querer apenas envernizar a madeira, o ideal é apenas garantir que o móvel está impecavelmente limpo. No entanto, se o seu objectivo e pintar o móvel, podemos ter um trabalho mais complexo em mãos. Pode ser necessário aplicar um primer para garantir a durabilidade e aderência da tinta. No caso de se tratar um móvel anteriormente pintado e de cor forte, pode ser necessário aplicar o primer antes da nova camada de tinta. Mesmo que tenha removido as camadas anteriores. Entre o primer e as camadas de tinta deverá passar uma lixa fina, pois esta passagem irá garantir uma melhor aderência da tinta. Não se esqueça que a tinta deverá secar entre as camadas.

como restaurar moveis

A mesa de centro ETHAN é óptima para garantir um local de arrumação na sala

Recuperar móveis: Montagem e Acabamentos

Após o trabalho de restauro é necessário voltar a colocar dobradiças, gavetas e puxadores. Os puxadores podem ser substituídos, sendo que muitas vezes puxadores novos conferem um ar muito mais moderno às peças. Alguns móveis com tampos e espelhos também poderão necessitar de ter estas peças substituídas.

como restaurar móveis

O sofá LUCA com chaise longue fica perfeito num ambiente com madeira.

Comprar móveis em 2ª mão

Agora que já sabe como restaurar móveis mas o que lhe falta são os próprios móveis, então pode começar por ir a feiras de móveis antigos ou a lojas de móveis em segunda mão. Estas lojas têm frequentemente uma vertente solidária e os seus trabalhadores também fazem transportes e pequenos arranjos. Obviamente existem lojas de móveis vintage, neste caso, os móveis costumam vir em perfeitas condições.

No caso de ir comprar móveis com este propósito, não se esqueça de pensar na quantidade de trabalho que irá ter e a experiência que tem. Se nunca restaurou um móvel, talvez seja bom começar por um móvel que necessite apenas de manutenção. Por outro lado, se já tem muita experiência talvez se arrisque a substituir uma perna de um móvel.

como restaurar móveis

Por vezes, alguns elementos antigos são o suficiente para dar outro ambiente a sua casa.

Vale a pena restaurar móveis antigos?

Nem todos os móveis podem ser sujeitos a restauro. Móveis que já tenham sido lixados e pintados oferecem menos possibilidades de restauração. As madeiras mais escuras podem interferir com a cor final da pintura. O próprio estado de conservação da madeira é determinante para um bom resultado na restauração. Assim, deve avaliar o estado do móvel (cor da madeira, anteriores pinturas, existência de manchas de humidade e bolor, etc.). Um bom truque é espreitar a parte de trás do móvel (aquela que, usualmente, fica encostada à parede). É neste local que consegue ver bem a cor e, geralmente, se acumulam as maiores manchas de bolor.

Por outro lado, existe a questão do orçamento. Regra geral, restaurar um móvel compensa, mesmo que tenha de comprar um móvel em segunda mão e os materiais de pintura. No entanto, alguns projetos de restauração podem requerer maior investimento. A decisão final depende do valor emocional que tem a peça (se foi herdada, por exemplo) e da importância que tem para si ter uma peça única, fruto do seu trabalho.

Saber como restaurar móveis requer tempo, mas não é difícil, sendo uma tarefa muito gratificante. Conseguimos ver alterações com alguma rapidez e além do mais estaremos a trabalhar para melhorar a nossa qualidade de vida. Por outro lado, é importante começar a fazer escolhas mais conscientes e sustentáveis. Mesmo do ponto de vista económico, fica mais em conta restaurar um móvel do que adquirir um novo.

 

CFR - PT - POST - Ebook 1 - Tendências, estilos e cores