Como escolher a melhor iluminação para tectos interiores

Temo-la como garantida e, muitas vezes, podemos não ter em conta a sua importância para o aspeto harmonioso de uma casa.  Todavia, a iluminação pode tornar qualquer espaço mais funcional e aprazível. Neste artigo deixamos algumas inspirações para o momento de escolher a melhor iluminação para tectos interiores em diferentes divisões.

iluminação interior tecto cozinha

A luz de tecto pode apresentar-se de diferentes formas e feitios

A luminosidade de um espaço é um dos elementos essenciais e a sua utilização deve ser ponderada tal e qual a restante decoração. Além do impacto que tem no visual do espaço, também é importante do ponto de vista prático. Normalmente, é no tecto que colocamos a iluminação e, por isso, vamos deixar um conjunto de ideias inspiracionais para iluminar a sua casa.

CFR - PT - TEXT - Ebook 1 - Tendências, estilos e cores

Iluminação interior tecto: a cozinha

Ainda que tenha muita luz natural, é inevitável utilizar a cozinha à noite. Nessa altura, devemos ter iluminação nos espaços específicos que usamos, com interruptores independentes. Luzes de bancada, normalmente embutidas sob os armários superiores, são essenciais. Outro exemplo abaixo será colocar candeeiros de tecto sob a zona de refeições.

Iluminação interio tecto candeeiro refeição

Na cozinha, a luz de tecto deve ser colocar nos locais mais usados

O céu estrelado na sala

Nem sempre é necessário haver candeeiros para obter a melhor iluminação para tectos interiores. Se já temos uma sala com uma decoração arrojada, podemos simplificar e simplesmente usar luzes embutidas. Estas, normalmente com lâmpadas LED, são acesas com interruptores distintos. Assim, podemos escolher a área que queremos iluminar. Até podes optar por um regulador e escolher a intensidade da luz.

Iluminação interior tecto sala

As luzes embutidas são uma opção mais discreta e igualmente prática

Na sala de jantar, podes colocar também um candeeiro de tecto acima da mesa de jantar. Assim, iluminas o local em específico e podes usar a mesa para partilhar refeições ou mesmo trabalhar. Neste exemplo vemos um candeeiro de tecto cujas cores vão ao encontro da restante decoração.

Iluminação interior tecto sala de jantar

Um candeeiro de tecto que se alinha com as cores da sala e ilumina uma área específica

Iluminar a criatividade no quarto

Nos quartos, sejam juvenis ou de casal, deve-se privilegiar uma luz que propicie o relaxamento, ou seja, não se deve usar luzes brancas e “frias”. E é possível ser-se bem criativo com as luzes de teto. No exemplo abaixo vemos um candeeiro de teto de corda, que, além de ser colocado num local que privilegia atividades como a leitura, por exemplo, é também discreto e criativo. É uma espécie de versão moderna do mais tradicional candeeiro de mesa.

Iluminação interior tecto candeeiro

Um quarto onde a luz de tecto é mais criativa

Contudo, nada impede de colocar ainda um candeeiro de quarto na parte central da divisão. Esta pode ser uma forma de conferir equilíbrio e harmonia a um espaço que deve ser o templo do descanso.

Na parte central do tecto, no cimo da cama, a luz de tecto cria harmonia e sofisticação

Dica final: iluminar de forma sustentável

A melhor iluminação de teto interior também deve ser amiga do ambiente. Portanto, se possível, seja em qual divisão for deve-se investir em lâmpadas mais ecológicas, como as lâmpadas LED. De igual modo, é de sublinhar que, além de serem mais eficientes, estas lâmpadas podem representar uma poupança de cerca de 80% relativamente às lâmpadas tradicionais.

Apesar de mais caras, a poupança acabará por compensar a longo prazo. Por consequência, compram-se menos lâmpadas, poupando também o ambiente. Estas também se adaptam às diferentes divisões em termos de cores: mais claras para a cozinha, por exemplo, e mais amarelas para os quartos e sala de estar. Para veres a grande diversidade de candeeiros existentes, inspira-te!

CFR - PT - POST - Ebook 1 - Tendências, estilos e cores